sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Biografia de Éric Joubert Hunzicker - Memorialista e Historiógrafo

BIOGRAFIA DE ÉRIC JOUBERT HUNZICKER.
MEMORIALISTA E HISTORIÓGRAFO.
Éric Joubert Hunzicker 


SOBRE O AUTOR
1 - DADOS PESSOAIS
Nome: Éric Joubert Hunzicker
Filiação: Léo Villa Nova Hunzicker e Letícia Malucelli Hunzicker. 
Nascimento: 1º de agosto de 1942, no atual município de Fernandes Pinheiro, então Distrito do município de Teixeira Soares, Paraná.
Estado civil: Casado
Esposa: Maria Luci Stocco Hunzicker
Filhos: Eduardo Luís, Danielle e Rodrigo Otávio.
Residência: Rua João de Ramos, 373 - Vila Ramos - Morretes - Paraná.
CEP: 83.350-000 - Caixa Postal: 266
Telefones: (41) 3462-1989 - celular: (41) 9628-5748


2 – ESCOLARIDADE
-Curso Primário no Grupo Escolar “Miguel Schleder” – Morretes.
-Curso Secundário no Ginásio Estadual “Rocha Pombo” – Morretes.
-Curso Médio no Colégio Comercial “Prof. Antonio José Gonçalves Filho” – Morretes.
-Curso de Ciências Contábeis na Faculdade “Professor De Plácido e Silva” – Curitiba.

3 – PARTICIPAÇÃO EM ENTIDADES ESTUDANTIS
-Presidente do Grêmio Estudantil do Ginásio Estadual “Rocha Pombo”, Morretes.
-Presidente da Associação dos Estudantes Secundários de Morretes, no período de 1961/1962.
-Presidente da Associação dos Estudantes Secundaristas do Litoral Paranaense, no período de 1962/1963.

4 – PARTICIPAÇÃO NA SOCIEDADE CIVIL ORGANIZADA
-Secretário e Presidente do Clube Literário e Recreativo Sete de Setembro, de Morretes.
-Secretário da Liga de Futebol Regional de Morretes.
-Membro da Comissão Censitária Municipal e responsável pelo Recenseamento de 1970, em Morretes.
-Membro do Conselho Municipal de Turismo de Morretes, na Administração do Prefeito Dr. Alcídio Bortolin.
-Sócio fundador do Rotary Clube de Morretes.
-Presidente do Rotary Clube de Morretes para o período 2010/2011.
-Sócio fundador, Presidente e Secretário da Associação Atlética 31 de Outubro.
-Conselheiro Fiscal da Associação dos Amigos do Arquivo Público do Paraná, Presidida pelo Dr. Belmiro Valverde Jobim Castor, no período 2004 a 2006.
-Reeleito para o período 2006 a 2008, sob a Presidência do Professor Dr. José Carlos Veiga Lopes.
-1° Vice-Presidente da Associação dos Amigos do Arquivo Público do Paraná, sob a Presidência do Professor Dr. José Carlos Veiga Lopes, para o período de 7 de abril de 2008/2010.
-Presidente da Associação dos Amigos do Arquivo Público do Paraná, para o período de 7 de abril de 2010/2012.
-Membro da Comissão dos Festejos do Sesquicentenário do Nascimento de Rocha Pombo, nomeado pelo Decreto nº 034, de 27 de abril de 2007, do município de Morretes, Estado do Paraná.
-Presidente da Comissão dos Festejos do Sesquicentenário do Nascimento de Rocha Pombo, eleito por seus pares de comissão.
-Sócio Efetivo da Academia de Letras “José de Alencar”, em 19 de novembro de 2009.
-Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná, em 19 de dezembro de 2010.

5 – EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL
-Professor de Contabilidade no Colégio Comercial “Professor Antonio José Gonçalves Filho”, de 1967 a 1974.
-Contador da empresa Luiza Thomaz Stocco – Morretes, de 1965 a 1974.
-No Grupo Industrial Trombini, diversos cargos exercidos, em diversas empresas, de 1974 a 1994, quando deixei o grupo, por motivo de aposentadoria.
-Assessoria administrativa e financeira prestada junto a Associação dos Funcionários Públicos Municipais de São José dos Pinhais, em 2005 e 2006.

6 – CARGOS PÚBLICOS
-Vereador em Morretes na Legislatura de 1972/1975 tendo recebido a terceira maior votação.
-Secretário da Administração do Município de Morretes na gestão do Prefeito Júlio César Salomão.
-Secretário da Administração do Município de Morretes, na gestão do Interventor Estadual Coronel Sérgio Luiz Malucelli.
-Diretor Municipal de Cultura do Município de Morretes, de 1º de janeiro de 2009 até 31 de dezembro de 2012, na Administração do Prefeito Amilton de Paula.

7 – TRABALHOS DE PESQUISA HISTÓRICA
-Autor do livro “Assim Nasceu o Hino Morretense”, com 211 páginas, Prefaciado pelo Dr. Osmann de Oliveira, Advogado, Escritor e Procurador do Estado do Paraná, editado pela JM Livraria Jurídica, em 2008 e lançado em, Morretes, no dia 3 de maio de 2008, em cerimônia promovida pela Prefeitura Municipal de Morretes, através da Secretaria de Cultura e do Instituto Mirtillo Trombini.
-Autor de pesquisa sobre o historiador “ROCHA POMBO”, com 180 páginas, já disponível aos interessados, em CD-R.
-Autor de pesquisa sobre o poeta e escritor “SILVEIRA NETTO”, com 160 páginas, já disponível aos interessados, em CD-R.
-Autor de pesquisa sobre os Escoteiros e as Bandeirantes de Morretes, já disponível em CD-R, evento esse que ocorreu entre os anos de 1939 a 1944.
-Autor de pesquisa sobre a cachaça “morretiana”, disponibilizada em CD-R, enfocando diversos aspectos sobre a evolução da história da cachaça em Morretes.
-Autor da idéia, para que o ano de 2007 fosse declarado, em Morretes, “Ano de Rocha Pombo”, pela passagem do sesquicentenário de nascimento do historiador brasileiro, conforme solicitação encaminhada ao Vereador Valdeci Mora e também ao Presidente da Câmara Darcicly de Souza Junqueira, que foi transformada em Projeto de Lei. Referido Projeto foi devidamente aprovado pela Câmara Municipal de Morretes e sancionado pelo Prefeito Municipal Helder Teófilo dos Santos, transformando-se em Lei, sob o número 021/2006, de 13 de novembro de 2006. A referida Lei foi regulamentada pelo Decreto 006/2007, de 29 de janeiro de 2007.

8– HOMENAGENS RECEBIDAS
-Cidadão do Esporte Antoninense, pela Associação Litorânea dos Filhos de Antonina, “ALFA”, em 2 de março de 1996.
-Diploma de Mérito pela Delegacia Regional do Trabalho no Paraná, recebido em 25 de maio de 1979, das mãos do Delegado Regional do Trabalho, General Adalberto Massa.
-Diploma de Honra ao Mérito pela Associação de Pais e Mestres da Escola Estadual “Miguel Schleder”, em 6 de outubro de 1989.
-Cidadão Honorário de Morretes em 19 de dezembro de 2003, por iniciativa do Vereador Haroldo Cândido da Silva.
-Comenda “José Francisco da Rocha Pombo”, recebida da Câmara Municipal de Morretes, em 4 de dezembro de 2007.
-Agraciado com a Medalha de Mérito, comemorativa aos 50 anos de fundação da Associação Atlética 31 de Outubro, em 31 de outubro de 2008.
-Agraciado com “MOÇÃO”, com votos de louvor e congratulações, por compartilhar através do Rotary Internacional para a realização de boas ações. Pela Assembléia Legislativa do Estado do Paraná, por iniciativa do Deputado Ney Leprevost, em 23 de novembro de 2012.
-Agraciado com o Troféu “Excelência Rotária”, “em reconhecimento pelo excelente trabalho voluntário desenvolvido, sob o lema “PAZ ATRAVÉS DO SERVIR”, no Projeto Distrital: Plano Emergencial de Atendimento aos Desastres Naturais, pelo Governador Arlindo Venturim, do Distrito 4730, do Rotary Internacional, em 18 de maio de 2013.

9 – INSERÇÕES EM JORNAIS
-Citado na coluna semanal do jornalista Luiz Alfredo Malucelli, publicada no jornal Gazeta do Povo, em 20 de março de 2004: “A coluna é dedicada ao Éric Hunzicker, um dedicado estudioso da gente e das coisas de Morretes”.-Citado na coluna do Advogado, Escritor e Procurador do Estado do Paraná, Dr. Osmann de Oliveira, intitulada “Cisco nos olhos”, publicada no jornal Gazeta do Povo, em 03 de janeiro de 2004: “...Procurei transferir para os professores Arnaldo José Malucelli e Éric Joubert Hunzicker, meus antigos colegas da escola primária, todas as honrarias.”
-Citado na coluna do Advogado, Escritor e Procurador e Procurador do Estado do Paraná, Dr. Osmann de Oliveira, intitulada “Filhos e Amigos de Morretes”, publicada no jornal Gazeta do Povo em 14 de dezembro de 1997: “...Lá estarão por certo, os Malucellis, os Trombinis, os Zillis, os Antunes de
Oliveira, os Hunzicker, os Brambilla,... ...E, então, o Sérgio Malucelli, o Antonio Carlos e o Éric Hunzicker, terão coroado a festa que organizaram e que será de todos.”
-Citado na coluna semanal do jornalista Luiz Alfredo Malucelli, publicada no jornal “Gazeta do Povo”, em 7 de julho de 2007: “O estudioso morretense Eric Hunzicker recomenda...”
-Citado na coluna semanal do jornalista Luiz Alfredo Malucelli, publicada no jornal “Gazeta do Povo”, em 18 de agosto de 2007: “A coluna é uma homenagem antecipada ao morretense Eric J. Hunzicker, que lança em breve um livro falando da nossa bela cidade, um trabalho magnífico de dedicação e pesquisa.”
-Citado na coluna Entrelinhas, do jornal “Gazeta do Povo” de 25/12/2007: “Acaba de “sair do forno” o livro Assim Nasceu o Hino Morretense, do filho da terra Éric J. Hunzicker, que integra também a família Malucelli. Ele conta a história do “Hymno Morretense”, com música de Luiz da Silva Bastos e letra de Silveira Netto, divulgado pela primeira vez, e antecipadamente, no jornal curitibano Diário da Tarde, em 15 de julho de 1903. Estava escrito: “Dedicados filhos de Morretes vão oferecer a sua terra natal uma poliantéia”. Já a letra do hino foi publicada em 19 de dezembro do mesmo ano no jornal “O Morretense”, indicando ser aquela a data oficial de nascimento do hino em questão.”

10 – PALESTRAS PROFERIDAS
-Palestra proferida no Teatro Municipal, no dia 14 de novembro de 2005, sobre o tema “Personalidades Morretenses”, sob os auspícios do Conselho da Comunidade da Comarca de Morretes.
-Palestra proferida no Teatro Municipal, no dia 21 de novembro de 2005 sobre o tema “Divagando sobre a História Morretense” sob os auspícios do Conselho da Comunidade da Comarca de Morretes.
-Orador na cerimônia realizada no Theatro Municipal de Morretes em homenagem ao Centenário do Hino Morretense, promovida pela Câmara Municipal de Morretes, em 19 de dezembro de 2003.
-Orador, sobre o tema “Rocha Pombo”, na cerimônia pública de abertura das comemorações em homenagem ao sesquicentenário de Rocha Pombo em Morretes, promovida pela Prefeitura e Câmara em 17 de agosto de 2007.
-Orador, sobre a vida de “Rocha Pombo”, na Sessão Solene em homenagem ao seu Sesquicentenário de nascimento, realizada pela Câmara Municipal de Morretes, em 4 de dezembro de 2007.
-Palestras proferidas em fevereiro/2009, em quatro etapas, sobre o tema “História de Morretes”, destinada aos 198 professores municipais de Morretes.
-Palestra proferida em 27 de outubro de 2010, no Colégio Estadual “Rocha Pombo”, direcionada aos alunos do Magistério.
-Palestra proferida em 29 de outubro de 2010, no Theatro Municipal de Morretes, no encerramento da 1ª Semana Cultural de Morretes, uma das comemorações relativas aos 277 anos da cidade.
-Palestra proferida na UFPr-Litoral, sobre o tema “A Escravidão no Litoral Paranaense, em Especial em Morretes”.

11 – COLABORAÇÃO EM TESES, DISSERTAÇÕES ACADÊMICAS E LIVROS
-Citado por duas vezes no livro “As Montanhas do Marumbi” de Nelson Luiz Penteado Alves, em agradecimento por colaborações.
-Marcelo Silva Echeverria: Rocha Pombo: Relato e Testemunho da Revolução Federalista no Paraná em 1894.
-José Maria dos Santos: A História da Cachaça e suas Consequências.
-Tiago Rodrigo Bueno: A Cachaça na Cidade de Morretes e sua relevância para o Estado do Paraná.
-Participação em 7 de dezembro de 2009, na Banca Examinadora, juntamente com a Professora Deise Maria Fernandes Bezerra e Aymoré Índio do Brasil, Historiador da Secretaria Estadual de Cultura do Paraná, do Curso de Turismo da Universidade Federal do Paraná, para exame do Trabalho de Conclusão de Curso das alunas Carla Männich (41-3313-3551) e Larissa Alexandra Cavalcanti de Souza.
-Colaboração com o autor do livro Adolpho Werneck – Vida e Obra, Eduardo Jansen de Capistrano.

12 – OUTRAS ATIVIDADES
-Colunista do Jornal “Morretes Notícia”, desde o n° 1, assinando a coluna “Conhecendo a Nossa História”. (www.morretesnotícia.com.br)
-Participação no programa radiofônico “Nossa História”, transmitido no dia 26 de junho de 2004, sob a direção e apresentação da Professora, Jornalista e Pesquisadora Zélia Sell, transmitido pela Rádio Educativa do Paraná, AM 630, que enfocou a cidade de Morretes.
-Participação no programa radiofônico “Nossa História”, transmitido no dia 28 de outubro de 2006, sob a direção e apresentação da Professora, Jornalista e Pesquisadora Zélia Sell, transmitido pela Rádio Educativa do Paraná, AM 630, que enfocou alguns livros.
-Participação no programa radiofônico “Bate Papo com o Chaim”, transmitido no dia 20 de agosto de 2008, sob a direção e apresentação do Radialista Ali Chaim, transmitido pela Rádio Educativa do Paraná, AM 630, versando sobre a “História de Morretes”.


"PENSAMENTOS"


- “Não queremos viver do passado, mas queremos que o passado faça parte do nosso futuro, dando coerência ao que somos enquanto povo e cidade!” (Anthony Leahy - Editor)
_____________________



- "Esquecer-se dos mortos é esquecer-se de si próprio". (Lamartini)
_____________________



- "A criatura temporal irá para a terra, mas o que houver nela de divino ficará eternamente no mundo, como herança dos que vão aos que tem que vir". (Rocha Pombo - Historiador)
_____________________

- “Quantas vezes, sentado à margem do
Nhundiaquara, esperei o dia.
Quantas vezes, esquecido à sua margem, a noite me surpreendeu.
Como é belo, com a face orvalhada, assistir a vitória dos raios e ver as águas nos remansos
bafejarem aos beijos do sol.
Nas tardes, mornas nuvens cobrem o azul do céu e espalham-se com as velhas casas ribeirinhas na limpidez das águas quase paradas.
Como são belas as noites, quando a crista das montanhas parece transformar os seus píncaros em dedos, para reter as estrelas no firmamento sobre a cidade.
O morretense sente esta beleza”.
(Lange de Morretes - 1935)
_______________________

"O Paraná que queremos somos nós que
fazemos, por ação ou omissão".
______________________


Divulgue! Prestigie! Apoie! Compareça!

A cultura paranaense e brasileira agradece.

Anthony Leahy – Editor

Conselheiro da Academia Brasileira de Arte, Cultura e História - SP.
Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná e da Academia de Cultura de Curitiba

Éric diz: Resultado de um árduo trabalho de pesquisa, quando relendo jornais antigos pertencentes ao seu próprio acervo, deparou-se, no meio deles, com a primeira página de uma edição do dia 19 de dezembro de 1903, do jornal "O Morretense", que continha a letra do Hino Morretense com indicação de que esta é a data oficial de nascimento do nosso Hino.
Livro: "Assim Nasceu o Hino Morretense", 1ª edição, publicado em maio de 2008.



Éric, seu saudoso pai Léo Villa Nova Hunzicker 
e sua saudosa mãe Letícia Malucelli Hunzicker
década de 50.



Assim nasceu o "Hino Morretense"


Dedico este trabalho de recuperação desta bela página histórica:


À minha querida esposa e grande incentivadora: Luci.

Aos meus queridos filhos:

Eduardo Luís e esposa Kristine,

Danielle e esposo Christiano, e
Rodrigo Otávio.
Aos meus idolatrados netos:
Tathiana,
Marian,
Leonardo e
João Eduardo.
Aos meus irmãos:
Carlos Eduardo e seus familiares, e
Lea Terezinha, pelos belos momentos que juntos passamos.





INSTITUTO MEMÓRIA EDITORA & PROJETOS CULTURAIS


 
10 anos dando Vez e Voz à cultura nacional!



Lançamento da mais nova obra de Éric Joubert Hunzicker,
MORRETES – ENSAIO BIOGRÁFICO DE VULTOS HISTÓRICOS.


-Apresentar um trabalho sobre a história de uma cidade, sem contextualizar seus personagens, não seria honesto. Este trabalho, de cunho histórico, deverá servir para tirar da inércia, inércia essa que Morretes, nos últimos anos, vivenciou quanto a sua cultura/história Não permitir que seu glorioso passado deslize vagarosamente para o esquecimento, como as águas murmures do Nhundiaquara deslizam para o mar, é nossa obrigação.

Sempre disse, em diversas ocasiões: “Estou fazendo a minha parte”.

Mas, isso ainda é muito pouco.

Nossas autoridades, professores, alunos, e o povo em geral precisam fazer a sua parte. Se existe o presente, é exatamente porque existiu um passado, um passado glorioso, um passado vibrante, que embasou nossas vidas, proporcionando este patrimônio cultural maravilhoso que é MORRETES. Vamos nos unir. Vamos todos, cada um com seu pedacinho, reconstruir a nossa história.

Vamos imitar o beija-flor da fábula, fazendo a nossa parte.

(Éric Joubert Hunzicker, memorialista e historiógrafo)



CONVITE
Éric Joubert Hunzicker, memorialista, historiógrafo e sócio fundador do Rotary Club de Morretes, depois de escrever e publicar o Livro “Assim Nasceu o Hino Morretense” em maio de 2008, convida V.S.ª e Excelentíssima Família para comemorar juntos, na noite do dia 20 de agosto de 2013, em Curitiba, o lançamento da segunda obra literária de sua autoria com o título: “Ensaio Biográfico de Vultos Históricos”. 
A presença dos convidados será de grande valia neste importante evento para a história de Morretes.

Data: 20 de agosto de 2013
Horário: das 19h às 22h
Local: Palacete dos Leões
Endereço: Av. João Gualberto, 530 - Alto da Glória
Município: Curitiba - Paraná
Éric Joubert Hunzicker e sua esposa Luci Stocco Hunzicker - Palacete dos Leões - 20/08/2013
Éric Joubert Hunzicker e família - Palacete dos Leões - 20 de agosto de 2013
Éric Joubert Hunzicker no Palacete dos Leões - 20 de agosto de 2013
Éric Joubert Hunzicker no Palacete dos Leões - 20 de agosto de 2013
Éric com Elizabeth da Galeria Trombini (à esquerda) - Palacete dos Leões - 20 de agosto de 2013
Havita Rigamonti, Anthony Leahy e Éric Joubert Hunzicker - Palacete dos Leões - 20 de agosto de 2013
Éric Joubert Hunzicker - Palacete dos Leões - Curitiba - 20 de agosto de 2013


Maria Tereza e Elizabeth

Éric com Noel Rosa e Raquel Stocco
Luís Targino Pessoa Júnior, Antonio Pinto, Maria Tereza e Noel Rosa
Éric com Sandra Hunzicker e Luís Targino Pessoa Júnior



Lúcia Ani Malucelli, Nico e Jango Salomão
Éric com Jango Salomão
Éric com Rose Thá Malucelli e Lúcia Ani Malucelli
Ângela Cherobim
Éric com Ângela Cherobim






Éric com Elizabeth



Éric com Maria Tereza e Antonio Pinto









IV TERTÚLIA LITERÁRIA INSTITUTO MEMÓRIA



Família de Éric Joubert Hunzicker - década de 50
Morretes - Paraná - Brasil
________________________________________________
__________________________________________
___________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, sua opinião é muito importante para mim, deixe um breve comentário sobre o assunto aqui postado e faça sua avaliação através de críticas construtivas. Aceito sugestões, desde que sejam convenientes e satisfatórias. Obrigado!