sábado, 27 de setembro de 2014

MORRETES - Notícias de outrora que foram manchetes em jornais

MORRETES - NOTÍCIAS DE OUTRORA QUE FORAM MANCHETES EM JORNAIS.
_______________________


Colaboração: Dalton Heros Malucelli Júnior e Luciane Pinho Bertolli.

















































Jornal o Estado do Paraná
Morretes de antigamente
Destaque: Fogos e artifícios de Roberto França. Roberto, casado com Marieta Malucelli França (filha de João e Maria Malucelli ...neta de Giovanni e Margherita Malucelli.
Helena Maria França Sundin (neta), diz: meu avô foi empreendedor...um homem a frente do seu tempo....foi de tudo um pouco... capelão de São Benedito, delegado....criou código de trânsito em1934, foi juiz de paz, presidente do tiro de guerra, marumbinista - levou a cruz no Marumbi e fez a primeira missa lá em cima... aliás, acho que a única....organizava carnavais venezianos... no rio Nhundiaquara... organizou grupo de teatro... organizava dança de pau de fita...e também era farmacêutico... quase, e muitas vezes médico, também fazia gasosas e licores.












OUTRAS RELÍQUIAS DE MORRETES












Mais uma relíquia sobre morretenses, enviada pelo querido amigo/primo Éric Joubert Hunzicker.

30 de maio de 1940 - Festival em Morretes.
Realizou-se o festival das bandeirantes no Teatro Municipal, constando o seu programa de declamações, diálogos e comédias.
Estando as aspirantes na sua maioria sem uniforme e com dificuldades para comprá-los, resolveram trabalhar realizando um festival para obter fundos e assim adquiri-los.
Com a ajuda de vários escoteiros, levaram em cena duas comédias: 'Na Escola' e 'O Regenerado', entre outros números, com a participação só de meninas.
A casa foi bem frequentada, rendendo 354$000 (trezentos e cinqüenta e quatro mil réis), menos 50% pago ao empresário do teatro, ficando um saldo de 177$000 (cento e setenta e sete mil réis) para os atores.
A Chefe: Maria Luisa Merkle.
__________________________________


Matéria publicada em um jornal morretense - agosto/1956 - pelo saudoso escritor Marcos Luiz De Bona.





















_________________________

Notícia mais recente sobre o saudoso e querido professor José Daher.
Gazeta do Povo - 27 de dezembro de 2015.






































Publicado no facebook por Ligia De Bona Carvalho


Morretes foi notícia em 1917.
Jornal 'A República' - Energia elétrica.

Morretes o maior produtor de frutas parte 1

Morretes o maior produtor de frutas parte 2
__________________________________
___________________________
_____________________

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Luiz Carlos Nunes - O contador de histórias

LUIZ CARLOS NUNES
O CONTADOR DE HISTÓRIAS. 
Luiz Carlos Nunes

JORNAL "FOLHA DE MORRETES"   
- EDIÇÃO DE SETEMBRO/1997 -

LUIZ CARLOS NUNES - O CONTADOR DE HISTÓRIAS.

Famoso por andar sempre no meio dos políticos, Luiz Nunes é sem dúvida um personagem que merece destaque na Folha de Morretes.
Suas histórias, se não fossem confirmadas por gente séria e de muito prestígio, poderiam parecer grandes lorotas, daquelas que a gente acredita só para não perder o amigo.  É como aconteceu uma vez com o Luiz lá no Rio de Janeiro, pediu "carona" para o então Presidente da República, Marechal Castelo Branco, o qual viria à Curitiba inaugurar o prédio do Governo com o seu nome.
Luiz nos falou: "O Presidente disse que eu poderia ir junto com eles no avião. Chegando em Curitiba, e como eu era o único estranho no avião, mandaram que eu descesse antes. Então, eu apareci sozinho, e achei que me confundiram com o presidente, pois eram fotos de todos os lados, e eu ainda acenava para o público presente. Depois do mal entendido, ainda fiquei entre o pessoal da comitiva para a inauguração do prédio".
Sem dúvida, a mais fantástica peripécia de Luiz Nunes, se deu há alguns anos, quando o ainda Secretário Orlando Conforto foi à Caxias do Sul/Porto Alegre, para trazer um micro-ônibus para o município.  Luiz Nunes, sabendo da viagem, pediu para ir junto, pois queria ser um dos primeiros a andar no ônibus novo. 
A viagem para Caxias era à noite, e como as passagens já estavam reservadas, Orlando fez uma brincadeira com o Luiz.  "Eram umas cinco horas e ele me disse que se eu estivesse em Caxias do Sul na manhã seguinte, eu poderia voltar com eles no ônibus", explica.
De fato, enquanto o Secretário e comitiva foram de ônibus para Curitiba, e de lá partiram para Caxias, Luiz Nunes passou em casa, tomou banho, trocou de roupa, e foi para a BR pedir carona.  O primeiro que passou foi um caminhão de toras e, Luiz Nunes, sem titubear, lá foi, na boleia.  Mas como o caminhão, na subida da serra, estava muito devagar, Luiz pediu para descer, e conseguiu uma carona numa kombi, até Curitiba.  Lá chegando, dirigiu-se ao aeroporto do Bacacheri, onde estava um avião da Força Aérea terminando um carregamento que iria para Porto Alegre.  Luiz Nunes conversou com o comandante e, depois de 15 minutos, lá estava, voando rumo à capital gaúcha.  De Porto Alegre em diante foi fácil: foi até a rodoviária e pegou um ônibus, chegando em Caxias, acreditem, às 23:30H.  Dormiu na rodoviária e, às 5 da manhã já estava a postos para recepcionar a comitiva.  Diz que, enquanto o Luiz Nunes não explicou como tinha feito para chegar até lá, Orlando não sossegou.  Depois de esclarecida toda a situação, Luiz Nunes, que de bobo não tem nada, voltou radiante para sua terra, já no ônibus novo.  A verdade é que o Luiz, ainda que um homem simples e de poucos recursos, faz do convívio com os políticos sua maior diversão.  De terno e gravata, o Luiz Nunes têm a loucura de acreditar que pode tudo; e ai de quem duvidar.
_________________________________________
_____________________________________

Et. Essa republicação da matéria sobre o nosso queridíssimo amigo morretense,  Luiz Carlos Nunes, foi uma maneira que encontrei para homenagear essa grande personalidade de nossa querida Morretes.
Luiz Carlos Nunes faleceu em 16 de setembro de 2014.

"Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós."

Descanse em Paz, meu amigo Luizinho.
Marcos Pereira,
23 de setembro de 2014.
_________________________________
____________________________

 
Imagens de Luiz Carlos Nunes

Local da foto: Gabinete do 
Prefeito de Morretes.
Luiz Carlos Nunes sendo homenageado 
pela Assembleia Legislativa do Paraná.
Família de Luiz Carlos Nunes.
Local da foto: Estádio Sebastião 
Cavagnolli.
- Campo do Cruzeiro -



Luiz Carlos Nunes, em frente a 
Prefeitura Municipal de Morretes.


Luiz na Banda dos Coroas.
Jornal Folha de Morretes 
- Edição de setembro/1997 -

Banda dos Coroas - Morretes - Paraná - Brasil.
Desfile comemorativo aos 281 anos do município de Morretes - 31 de outubro de 2014.

Desfile comemorativo aos 281 anos do município de Morretes - 31 de outubro de 2014.

Desfile comemorativo aos 281 anos do município de Morretes - 31 de outubro de 2014.
Nosso querido Luiz Carlos Nunes.
- Programa do Mário Vendramel.
- Com certeza cantou a música:
"O maior golpe do mundo, que eu tive
na minha vida, foi quando com 9 anos,
perdi a minha mãe querida,
morte triste, dolorida..."

__________________________________
______________________________
_______________________