sexta-feira, 21 de março de 2014

Biografia do doutor Alcídio Bortolin

BIOGRAFIA DO DR. ALCÍDIO BORTOLIN.
Doutor Alcídio Bortolin
Médico que zelou pela saúde do povo e do município de Morretes nas décadas de 50/60 e 70.

Biografia do doutor Alcídio Bortolin

Dados pessoais
Nascido em São José dos Pinhais, no dia 25 de abril de 1923.
Filho de Thomaz João Bortolin e Arlinda Zaniolo Bortolin.
Casou-se com Marise de Souza Britto Bortolin.
Tiveram um filho: Thomaz João Bortolin Neto.

Sua Formação
Formado em Medicina pela Universidade Federal do Paraná, acadêmico interno nas cadeiras de histologia, parasitologia, medicina legal, técnica operatória e urologia, professor de enfermagem, secretário redator de revista médica, banco de sangue, oxigenoterapia e curso de especialização em anestesia, onde se destacou:
Em Curitiba os profissionais médicos que mais se destacaram ao mostrar maior interesse pela anestesia, mesmo atuando em outra especialidade, foram: Oswaldo Faria da Costa (cirurgião pediatra), Dante Luiz (cirurgião geral e urologista), Ernani Simas Alves (cirurgião e legista), Moysés Paciornick (ginecologista e obstetra), Antonio Bittencourt de Paula, Alcídio Bortolin, Prince Cunha, Durval Cordeiro, Marcos Merhy, Antero Sady Pizzatto, Nivaldo Almeida, Jorge Meyer, Daniel Egg, Ervino Kompatcher (todos cirurgiões) e outros.
(Serviço de Anestesiologia do Hospital Universitário Cajuru PUCPR), in 

Atividades Profissionais
Iniciou suas atividades médicas no Instituto de Medicina e Cirurgia do Paraná, logo após, sendo convidado para colocar em funcionamento o Hospital e Maternidade de Morretes, chegando nessa cidade, no dia 17 de abril de 1950.
Ocupou o cargo de Diretor Médico deste Hospital por quase 27 anos, pois pediu demissão no dia 7 de fevereiro de 1977.
Durante sua gestão, sua atividade foi marcada pela dedicação profissional a todos que o procuravam, sem distinção de classes.
Humanitário, médico das famílias, foi o primeiro cirurgião de Morretes a ser respeitado pelos municípios vizinhos.
Homenageado pelo povo, recebeu a honraria de ver seu nome em placa de bronze, denominando o Centro Cirúrgico do hospital.
Dentre as inúmeras obras executadas durante a sua gestão, podemos destacar a construção do primeiro laboratório de análises clínicas, a capela, a lavanderia e rouparia, a garagem e as acomodações para zeladora.
Foi de sua responsabilidade a instalação do raio-x, em 1953, conseguido junto ao governo do Estado.
Conseguiu conciliar sempre suas funções no hospital com outros cargos de grande importância, tais como: Médico chefe da Unidade Sanitária de Morretes, Médico do DER, Médico do Departamento Estadual da Criança, Médico do SESI, Instituto de Previdência do Estado, Copel, Chefia do Serviço de Valorização do Litoral.
Ocupou cargo na Associação Médica do Litoral Paranaense.
Foi ainda membro fundador da Liga Paranaense de Combate ao Câncer e do Hospital Erasto Gaertner, conforme texto a seguir:
"O Hospital Erasto Gaertner é fruto dos esforços da Liga Paranaense de Combate ao Câncer (LPCC), realizado em 8 de dezembro de 1972.
Seus fundadores foram: Erasto Gaertner, Duílio Calderari, Dante Luiz Júnior, Antero Sady Pizzatto, Ernani Simas Alves, Armando da Cunha Tramujas, Alvir Brambilla Zilli, David Augusto Ramos Filho, Homero Gasparello, Milton Ferreira de Amaral, Clóvis Hartenthal, Pedro Schleder, Bogdano Kobilanski, Alcídio Bortolin e Hamilton Calderari Leal.
A Instituição é hoje referência no tratamento de câncer no sul do país e atende pacientes do Brasil todo.
Os números de atendimentos e procedimentos impressionam, logo que se trata de uma Instituição Filantrópica".
(Hospital Erasto Gaertner, in 

Por convite do presidente da Copel , Dr. Arturo Andreoli, assumiu em 1977, o cargo de Diretor do Hospital da Usina de Foz do Areia, recebendo a incumbência de equipá-lo e fazê-lo funcionar. Permaneceu como diretor e chefe do serviço de saúde da Usina Hidroelétrica "Bento Munhoz da Rocha Neto" até a conclusão da mesma.

Como membro da Sociedade Civil
Membro ativo na sociedade morretense, foi idealizador, fundador e 1º comodoro do Iate Clube de Morretes, sócio honorário da Sociedade dos Operários e do Clube Literário e Recreativo Sete de Setembro, como também, foi membro fundador do Rotary Clube de Morretes.
Em 25 de abril de 1961 recebeu o título de Cidadão Honorário de Morretes.
Foi ainda fundador e Vice-Presidente da Associação dos Municípios do Litoral.

Como Político
Foi Vereador em duas legislaturas, Presidente da Câmara de Vereadores de Morretes por oito anos consecutivos, quando foi autor da Lei Municipal que tornou o Hospital e Maternidade de Morretes, Órgão de Utilidade Pública.
Elaborou o Regimento Interno da Câmara Municipal de Morretes.
Eleito Prefeito de Morretes, tomou posse em janeiro de 1969, sua administração englobou objetivos prioritários na área administrativa, onde atualizou o código tributário, instituiu o concurso público, conseguiu convênio com DNOS para drenagem do Rio Nhundiaquara, posteriormente executada.
Reformulou totalmente os serviços municipais na educação, na saúde, nos serviços urbanos e rurais, setor rodoviário e na agricultura.
Na sua gestão, aumentou o patrimônio do município em 300% sem sacrifício para os munícipes, pois os impostos nos últimos três anos de sua gestão não sofreram aumentos. Todas as contas da Prefeitura estavam pagas no final de sua gestão e o caixa com saldo positivo.

Suas principais obras
-Grupo Escolar Municipal, na Vila Ferroviária, e mais seis escolas construídas no interior do município, a saber:
- Barro Branco, Carambiú, São João da Graciosa, Morro Grande, Rio Sagrado e Esperança, com todas as instalações necessárias.
A iluminação pública teve uma atenção especial e, a ampliação da rede elétrica atingiu em sua gestão quase a totalidade do município. 
Cuidado permanente com a conservação das estradas, a reforma de praças, abertura de novas ruas, entre as quais: acompanhando a via férrea em direção à Curitiba; ligação da rua Marcos Malucelli com Luiz Bastos; prolongamento da rua Ricardo de Lemos e abertura de 594 metros de ruas na Vila Santo Antônio. 
Compra de equipamentos rodoviários, a saber: motoniveladora marca "Caterpilar"; pá carregadeira marca "Michigan"; três caminhões marca "Chevrolet", equipados com basculante; um caminhão marca "Dodge", equipado com basculante; e uma camionete marca "Willys"; entre outras aquisições.

Doutor Alcídio Bortolin, mais conhecido, carinhosamente, pelo povo morretense, como Dr. Bortolin, faleceu no dia 22 de maio de 2005, aos 82 anos de idade.

Por iniciativa plausível do Poder Executivo, gestão do Prefeito Amilton Paulo da Silva, com aprovação da Câmara de Vereadores, o Hospital de Morretes, passou a denominar-se: 
"Hospital e Maternidade Municipal Dr. Alcídio Bortolin".

Vide súmula na íntegra:

Câmara Municipal de Morretes - Estado do Paraná.

Projeto de Lei nº 1749/2012
Súmula: Denomina de Hospital e Maternidade Municipal Dr. Alcídio Bortolin, a nova unidade de saúde, incorporada ao Município de Morretes e dá outras providências.

(Origem: Projeto de Lei nº 125/2012 - Iniciativa do Poder Executivo Municipal)


A Câmara Municipal de Morretes - Paraná, aprovou o seguinte Projeto de Lei:


Art. 1º.  Fica denominado de HOSPITAL E MATERNIDADE MUNICIPAL DR. ALCÍDIO BORTOLIN a nova unidade de saúde, incorporada à Secretaria Municipal, ao Município de Morretes, em decorrência da dissolução da Associação Hospital e Maternidade de Morretes, CNPJ nº 79.337.135/0001-05, com sede à Rua Santos Dumont, nº 91, centro, em Morretes-PR.


Art. 2º.  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.


Palácio Marumbi, Morretes, 12 de abril de 2012.


Maurício Porrua

Presidente

www.camaramorretes.pr.gov.br
Rua Conselheiro Sinimbú, 50 - Fone: (41) 3462-1386
CEP: 83.350-000
Morretes-PR


Fonte> Prefeitura Municipal de Morretes/Câmara Municipal de Morretes.
________________________________
________________________________



"Hospital e Maternidade Municipal 
Dr. Alcídio Bortolin"

Arquivo: Recordações do Doutor Bortolin.



"Hospital e Maternidade Municipal 
Dr. Alcídio Bortolin"





Ex-prefeitos de Morretes: Sebastião Cavagnolli, Dr. Sidney Antunes de Oliveira e Dr. Alcídio Bortolin.





















Evento no Clube Sete de Setembro - Morretes. Da esquerda p/direita: Olga De Bona, Marcos Luiz De Bona, Dr. Alcídio Bortolin e Marize Brito Bortolin.













Dr. Alcídio Bortolin (vide seta) - Procissão do Divino Espírito Santo, em Morretes.
_______________________________









Agradecimento:
Doutor Bortolin, onde o senhor estiver, muitíssimo obrigado por tudo que fez pela saúde do povo e pelo município de Morretes.
Descanse em Paz!
______________________________

Marcos Pereira
21 de março de 2014.
______________________________________
_________________________________
__________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor, sua opinião é muito importante para mim, deixe um breve comentário sobre o assunto aqui postado e faça sua avaliação através de críticas construtivas. Aceito sugestões, desde que sejam convenientes e satisfatórias. Obrigado!